Sites Parceiros:

Translate this Page

Rating: 2.7/5 (1433 votos)



ONLINE
2




          PARCERIA

Parceria

Ajude-nos a manter este site no ar. Doações a partir de R$ 2,00

Faça a sua! Abrace esta idéia.

Banco do Brasil - 001

Ag.: 0418-9

C.Poup.: 22772-2

Agnaldo Inácio

520

_________________________

  ACHOU UM POMBO ?

     INFORME AQUI !

_________________________


Pombos no Serviço Militar

 
 Pombos no Serviço Militar


  No final do século 19 e início do século 20, os pombos-correios foram usados ​​freqüentemente como portadores de mensagens dentro das zonas de batalha européias. Equipados com uma pequena cápsula, pombos levavam mensagens entre tropas e aliados, alertando as pessoas se soldados foram capturados por trás das linhas inimigas. Traziam informações sensíveis e importantes, vez que não poderiam ser enviadas através de outros meios. Pombos eram difíceis de serem detectados e abatidos, passageiros rápidos.

  Em 1903, o engenheiro alemão Júlio Neubronner criou uma pequena câmera analógica dotada de um temporizador mecânico e a anexou ao redor do pescoço de um pombo. Esta abordagem inovadora para a fotografia aérea logo despertou o interesse do serviço militar alemão. Pouco tempo depois, passou-se a explorar o potencial para a fotografia aérea secreta realizada através dos pombos-correios.

                  pombo                         foto                         

pombo transportando câmera.

  Por toda a II Guerra Mundial "Pigeon Corps" tinha sido estabelecida, servindo o Exército e a Força Aérea de vários países, incluindo Inglaterra, Alemanha, França e Estados Unidos. Columbófilos foram consultados e incentivados a doarem raças especiais, bem como a adquirirem experiência em manipulação de pombos-correios e treinamento para as forças armadas. Colaborações entre columbófilos e militares começaram a ocorrer com mais freqüência. Na verdade, os manipuladores de pombo-correio dedicados ao serviço de mensagens guerra, tornou-se carinhosamente conhecida pelas forças americanas como a "Pigeoneers".

 gipe

Várias décadas mais tarde, durante a Guerra do Vietnã, o Exército dos EUA desenvolveu um dispositivo de rádio-controle pequeno para anexar a pombos-correio. A idéia era capturar as aves pertencentes à Vietkong e siguir seu caminho para casa de vôo. Sabendo o destino dos pombos ajudaria os EUA a encontrar campos inimigos ocultos. Pombos continuaram a ser utilizados nos esforços governamentais militares e outros. Exemplos mais recentes incluem o seu suposto uso por tropas iraquianas durante a segunda Guerra do Golfo, em 1991. Foram utilizado também, de forma sucinta, como mensageiros para a polícia indiana no estado de Orissa, e para o tráfego de mercadorias ilícitas para além das fronteiras do estado na África do Sul, Paquistão, Afeganistão, o México e os EUA.

Fonte: PIGEONBLOG

http://beatrizdacosta.net/Pigeonblog/military.php

 

 

VOLTAR